Postagens

Lutero: Muito Além da Religião

O canal do Youtube Reforma Luterana 500 anos, publicou em comemoração aos 500 anos da Reforma Protestante uma microssérie intitulada - Lutero: Muito Além da Religião. 
Achei interessante, sobretudo a produção. Disponibilizei os videos aqui no Blog, a série se dispõe em 10 vídeos, abordando alguns aspectos da Teologia de Lutero, abordagens relevantes de seu pensamento e a relação com a sociedade de sua época. São videos curtos, vale a pena assistir.
01 | 500 anos da Reforma Luterana: como tudo começou
02 | Deus Sem Intermediários
03 | O céu é aqui
04 | O valor do trabalho
05 | Reforma Protestante vira notícia
06 | Som na caixa, Lutero!
07 | Crianças, jovens e Lutero
08 | A educação é para todos!

Jesus Cristo, o Bom Pastor

Imagem
A pessoa e prática de Jesus é modelo por excelência do ministério da Igreja e do ministério do pastor. Quando falamos em ministério estamos falando do próprio Cristo. "Ele é o Ministro por excelência e seu é o ministério. Sua pessoa e missão é de onde exaurimos toda a riqueza, sentido, unidade, diversidade, poder, eficiência para o cumprimento de todo e qualquer ministério. Para compreendermos, portanto, os ministérios é necessário sempre redescobrir qual o sentido do ministério de Jesus.

O marco referencial que confere sentido e conteúdo a todos os ministérios da Igreja é o Ministério do Servo. É a partir do ministério de Jesus que podemos fazer julgamento apropriado do que fazemos como Igreja em missão no mundo. A reflexão e ação pastoral da Igreja não tem uma teologia autônoma e absoluta, pois se refere e depende de Cristo, de quem a Igreja é Seu Corpo e extensão na história.
A ação do Pastor tem como parâmetro as ações de Jesus, e deve ter como exemplo o próprio Cristo como…

Há vida na Igreja

Imagem
Por Fábio Müller

A vida sempre é eterna, embora denomina - se vida, o simples fato de existir.
A vida está na proposta de Jesus: Eu sou a vida. Quem tem o Filho de Deus tem a vida, e esta, é abundante e eterna.
A Igreja prega a vida, a Igreja é a representação visível do Deus invisível, dando ao mundo o seu testemunho de que, quem tem o Filho de Deus tem a vida eterna.
A Igreja não pode ser tratada de forma pejorativa, ou de outra sorte, genérica. Nem tudo que se diz igreja, se refere de fato a Igreja de Jesus. A Igreja de Jesus foi edificada sobre o próprio Cristo, impossível assim de se desfazer, pois Ele é o alicerce infalível.
A Igreja é um organismo vivo, que cresce naturalmente e foi designada para que a vida fosse difundida e proclamada através dela, para que as pessoas ouvindo o anuncio da vida possam sair da morte, através do sacrifício remidor, diga-se, a morte na cruz do Filho de Deus, Jesus - o autor da Vida. . Sendo a Igreja o corpo do Filho de Deus, há vida na igreja,…

O grande pecado

Imagem
De acordo com os mestres do Cristianismo, o pecado principal, o supremo mal, é o orgulho. A falta de pureza, a ira, a ganância, a embriaguez e tudo o mais em comparação com ele, são ninharias. Foi pelo orgulho que o demônio tornou-se o demônio. O orgulho conduz a todos os outros pecados, é o estado mental mais oposto a Deus que existe.
Se quisermos descobrir o quanto somos orgulhos, o método mais fácil é perguntar a nós mesmos: “Quanto me desagradada ver os outros me desprezarem, recusarem-se a me dar qualquer atenção, intrometerem-se em minha vida, tratarem-me com ares paternos, ou se exibirem com ostentação?”. O problema é que o orgulho de cada um compete com o orgulho dos demais. É porque eu queria ser o “destaque” da festa que me aborreço todo, quando um outro é que ficou em proeminência.
Dois bicudos não se beijam. Bem, o que precisamos ver claramente é que o orgulho é essencialmente competidor; é competidor por sua própria natureza, enquanto que os outros pecados são, por assim…

Os profetas

Imagem
Uma análise das práticas dos profetas no Antigo Testamento, mas que tem significado para os dias atuais.

Postado por Thalles Ricardo

A maioria dos seres humanos creem em Deus, uns mais, outros menos. E essa maioria faz o que pode para manter Deus à margem de suas vidas. Se isso falhar, tenta-se moldar Deus para que ele se adapte às conveniências. Os profetas insistem em que Deus é o centro soberano: ele não está em algum canto, esperando o aceno ou o chamado. E os profetas insistem em que o tratemos exatamente como ele se revela, não como se imagina que ele seja.
Esses homens e mulheres tentavam despertar o povo para a realidade da presença soberana de Deus no cotidiano. Eles esbravejavam, choravam, reprovavam, confortavam. Usavam as palavras com autoridade e criatividade, não importava se de forma áspera ou sutil.

Não eram figuras populares. Eles nunca atingiam o status de celebridade e destoavam, decididamente, do temperamento e das tendências das pessoas com quem conviviam. E os …

Ame

Imagem
A luz do Evangelho de Jesus segundo a narrativa de Lucas no capítulo 15 versos 1 e 2, percebemos como Jesus tratava a questão dos relacionamentos, e agregava as pessoas ao seu convívio.

O dialeto Mineirês

Imagem
“O mineiro, mineirês ou montanhês é o dialeto do português brasileiro falado na região central do estado de Minas Gerais. Essa variante, que ocupa uma área que corresponde aproximadamente ao Quadrilátero Ferrífero, incluindo-se a fala da capital, Belo Horizonte, é um dos dialetos mais facilmente distinguíveis do português brasileiro.
Ele deve ser diferenciado do dialeto caipira, que cobre áreas do interior de São Paulo, Paraná e das regiões sul do próprio estado por receber influência do interior de São Paulo.

A característica do dialeto montanhês apareceu durante o século XIX, após a decadência da mineração, quando o estado foi largamente esquecido (inclusive pelos próprios governantes estaduais que centralizaram, excessivamente, a administração do Estado à região central). Devido a esse isolamento, o estado sofreu influência do dialeto do Rio de Janeiro no sudeste, enquanto o sul e a região do Triângulo Mineiro, passaram a falar o dialeto caipira, de São Paulo (Com o “R” retroflexo…

O futuro segundo Jean-Marc Côté

Imagem
No final do século XIX, o francês Jean-Marc Côté e outros artistas resolveram ilustrar como eles imaginavam que seria a França no ano 2000.

As ilustrações foram feitas originalmente para caixas de cigarros e mais tarde em forma de postais, que seriam mostrados na Feira Mundial em Paris, no ano de 1900. Porém, por dificuldades financeiras, o trabalho não chegou a ser exposto, ficando no limbo até o gênio Isaac Asimov publicá-lo em seu livro "Future Days: A Nineteenth Century Vision of the Year 2000" em 1986. A série produzida por volta de 1900, retrata o pensamento futurista destes artistas, evidenciando 3 aspectos:
 As Guerras.Boa parte das tarefas eram realizadas nos ares, tendo como auxilio asas e objetos voadores.Aparelhos que viessem viabilizar e facilitar o trabalho no campo e na cidade. Segue abaixo algumas imagens da série:

Fonte Imagens: commons.wikimedia.org

O serviço como virtude do ser

Imagem
Por Emerson Monteiro

Não a nada que alegre mais o nosso coração do que ver a felicidade que proporcionamos as pessoas, quando fazemos algo de bom para alguém.

Servir dá trabalho, e o trabalho traz dignidade a vida humana. O filosofo Voltaire dizia “O trabalho espanta os três grandes males: o vício a pobreza e o tédio.” O trabalho nos enobrece, dá valor e alegra o coração do homem. Infelizmente servir não é e não tem sido a virtude de boa parte da nossa geração. Vivemos hoje dias de extrema disputa por espaço e o simples gesto de estender as mãos, de realizar em prol de outrem, está perdendo o seu valor. Talvez tudo o que uma pessoa precise é de uma mão amiga, ser amada e se sentir importante para alguém.
Enquanto estivermos focados em nós mesmos, não poderemos exercer o essencial para que os outros possam experimentar a alegria e o amor.
Servir pode ser um dom, mas não deixa de ser um chamado de todos. Quando paro para pensar nesta situação me vem à cabeça a oração de Jesus. Quantas v…

Igreja? Mas, qual?

Imagem
Por Fábio Müller
Este video faz parte de uma série de reflexões pessoais do canal Fábio Müller no Youtube.

A pluralidade da igreja e suas inúmeras denominações é uma constatação. Mas qual igreja é a verdadeira?

Eu sou espiritual?

Imagem
Por Fábio Müller
Este video faz parte de uma série de reflexões pessoais, do canal Fábio Müller no Youtube.

Uma reflexão sobre espiritualidade tendo como referência o texto bíblico localizado em Isaías capitulo 1 a   partir do verso 10.

Vida na música

Imagem
Vida na Música é um projeto de opinião, inerente a musicalidade de uma forma geral, mas também pessoal.
Dessa vez é com meu amigo e irmão Danrley de Freitas do canal Anchored.